Warning: Unterminated comment starting line 1058 in /home/neemaacp/public_html/wp-includes/category-template.php on line 1058
FAQs | neemaac

O que são OUTROS PROGRAMAS DE MOBILIDADE?

A Universidade de Coimbra tem uma extensa rede de contactos e parcerias internacionais com instituições de ensino superior de todo o mundo, desde África, América do Norte e do Sul, à Ásia, Médio Oriente e Austrália. Os OUTROS PROGRAMAS DE MOBILIDADE são para os/as estudantes que pretendam ir para uma instituição que não faça parte do Programa ERASMUS.

Durante quanto tempo posso fazer Erasmus?

Durante um período que vai de 3 meses completos a 1 ano letivo numa instituição de ensino superior parceira.

É possível fazer mobilidades para estágio?

Sim, é possível efetuar um estágio no estrangeiro, ou pesquisa para a tese, por um período mínimo de 2 meses completos a 12 meses, em empresas, centros de investigação ou numa instituição de ensino superior, em contexto de trabalho.

Quem pode fazer um período de estágio?

Os estudantes regularmente inscritos na Universidade de Coimbra, num curso conferente de grau; os estudantes recém graduados pela Universidade de Coimbra; os recém-graduados podem fazer esta mobilidade até um ano após a conclusão do curso.

Qual é a data limite para me candidatar?

As inscrições decorrem de 01 de dezembro a meados de janeiro.

E onde me posso candidatar?

As inscrições são feitas através do Inforestudante, acedendo a “Candidaturas Mobilidade Outgoing”. Antes de iniciar a candidatura, leia atentamente os Guias de Candidatura para Estudos e Estágios disponíveis no site da DRI.

Posso candidatar-me a uma bolsa?

As bolsas de mobilidade não são garantidas. Todos os estudantes podem candidatar-se a uma bolsa de mobilidade. A bolsa destina-se a custear a diferença entre o nível de vida do país de origem e o país de acolhimento.

Tenho de pagar propinas na Instituição de acolhimento?

Não. As propinas são pagas na Universidade de Coimbra.

Vou ter reconhecimento académico pelo meu período de estudos?

Sim, na fase de candidatura vais preencher o Learning Agreement (Contrato de Estudos).
Nesta fase é estabelecido uma proposta de plano de estudos – plano de creditações que identifica as unidades curriculares a realizar na Universidade estrangeira e as unidades curriculares da Universidade de Coimbra às quais terá creditação após o regresso.

Quem trata do alojamento?

O/a estudante é responsável por tratar do alojamento, para isso deve contactar a Instituição de acolhimento e informar-se do procedimento a seguir. Se a Instituição de acolhimento não oferecer alojamento ou se não pretender ficar nesse tipo de alojamento, a ESN – Erasmus Student Network poderá ajudar a encontrar alternativas.

Quem me pode ajudar no processo de candidatura a mobilidade?

O coordenador de mobilidade do DEM, Fernando Antunes ( fernando.ventura@dem.uc.pt – 934 798 913 );

A Divisão de Relações Internacionais (DRI): Casa da Lusofonia (nas Matemáticas, Pólo I).

Para onde posso ir na Europa?

Nota: Os alunos de EGI podem ir para todos os locais com código 715

Para estágios não é preciso ter acordo. O aluno pode ir para qualquer universidade, empresa, hospital, instituto, etc., desde que seja aceite lá. Ver o site:   http://www.praxisnetwork.eu/

É possível fazer um ano de Almeida Garret (mobilidade nacional)?

O Programa Almeida Garret permite que um aluno faça mobilidade em Portugal (Aveiro, Porto, Lisboa, etc.). Segundo as regras do Programa Almeida Garrett, a mobilidade deverá ocorrer apenas num semestre. No entanto, temos tido muitos casos em que estudantes se candidataram para ir um ano inteiro e as instituições parceiras aceitaram.

Quais os prazos?

De 01/12 a 31/01 Inscrição (o aluno declara que pretende fazer mobilidade e indica 3 locais para onde gostaria de ir).
De 01/02 a 15/02 Seriação e colocação (o coordenador seria os alunos, tendo em conta o regulamento de mobilidade do DEM, e faz a sua distribuição pelas universidades de destino)
De 16/02 a 28/02 Alteração de destino

Até 01.05 Candidatura para Ano letivo e semestre* (é definido o Acordo de Estudos)
Até 30.09 Candidatura para semestre*

  * Salvo se a data da instituição de acolhimento for anterior a esta data. Caso seja, a candidatura tem de ser lacrada até 15 dias antes da data-limite da instituição de acolhimento.

Em relação ao Erasmus Trainship (estágios)

Desde que tenham carta de aceitação da instituição para onde querem ir, normalmente pedem essas carta entre abril e junho, podem ir para onde quiserem. Só assim é que temos mandado alunos para o Imperial College e para a Alemanha (Altino), Leuven,  etc.

Posso ir fazer a tese de mestrado em mobilidade?

Não. Podes ir fazer trabalho de investigação para a tese de mestrado (mobilidade tipo estágio). Porém, no final terás sempre de defender a tese na UC.

Posso fazer um estágio após concluir o curso?

Sim. Tens até 1 ano após a conclusão do curso para fazer um estágio.

Os estágios estão abertos todo o ano. Isto é, pode ser definido um estágio em qualquer altura do ano. Porém, a bolsa só será atribuída se forem respeitados os prazos de inscrição (até 31 de janeiro). Porém, este ano ainda há dinheiro para fazer estágio. Pode fazer-se um estágio nos meses de verão.

É possível acumular uma bolsa da ação social com bolsa Erasmus?

Sim. O bolseiro acumula a bolsa de ação social com a bolsa Erasmus. Além disso, a ação social dá uma terceira bolsa, como complemento à bolsa de ação social.

Todos os alunos têm bolsa Erasmus?

Normalmente sim. Porém isso depende do dinheiro disponível e do número de estudantes em mobilidade.

Quais ao valores da bolsa Erasmus?

Depende dos países. 

http://www.fd.unl.pt/Anexos/10118.pdf

70% da bolsa é dada no início da mobilidade e os restantes 30% no final.

É possível fazer mais do que uma mobilidade?

O aluno pode fazer 12 meses de mobilidade em Licenciatura, + 12 meses no Mestrado, +12 meses no Doutoramento. No Mestrado Integrado pode fazer 24 meses. O mínimo são 3 meses.

Tenho dúvidas se pretendo mobilidade durante um semestre ou durante um ano letivo. O que devo fazer?

Na dúvida é melhor pedir o ano completo. É mais reduzir a duração da mobilidade do que aumentar. Em termos de bolsa, esta é atribuída no início do ano. Assim, se o aluno decidir prolongar a mobilidade para o 2ºsemestre não terá bolsa.

Que documentos são necessários?

São vários os documentos necessários.

Carta de motivação: deves escrever uma carta de motivação ao coordenador de mobilidade do DEM salientando as tuas motivações para fazeres mobilidade. (na altura da inscrição)

Declaração para representante legal: Os alunos têm de indicar um representante. Deve ser alguém que possa deslocar-se à UC para tratar de documentação. Se os pais estiverem no Algarve, é melhor nãos os indicar como representantes e preferir um colega.

Learning Agreement: No acordo de estudos defines as disciplinas que pretendes fazer na universidade de destino e as equivalências que obténs na UC. Deve ser assinado pelo aluno e pelos coordenadores das universidades de destino e de origem.

É normalmente necessário fazer inscrição na universidade de destino. Quando chegas à universidade de destino tens um documento de chegada que deve ser enviado à DRI no prazo de 15dias.

Alterações ao Learning Agreement: tens 1 mês para fazeres todas as alterações que entenderes. Isso é feito Online no Inforestudante. É gerado um documento que deve ser assinado pelos coordenadores das universidades de destino e de origem.

Quando deixas a universidade de destino tens um documento de partida que deve ser enviado à DRI no prazo de 15dias. Esses dois documentos definem a duração da mobilidade.

Como alterar o plano de estudos?

Enviar o plano de estudos da disciplina que pretende frequentar na Dinamarca para que o Prof. de Logística do DEM lhe conceda, ou não, equivalência.

Após a aceitação por parte do professor da referida unidade curricular, e só após essa verificação com conhecimento para o coordenador do DEM, deve enviar para o coordenador do DEM a folha que tem no seu processo e que lhe permite fazer alterações no plano de estudos para ser por ele assinada, bem como pela coordenadora Institucional, mas a mesma deve vir assinada pelos coordenadores da universidade de destino.

Tenho Learning agreement para todo o ano, mas não sei se quero ficar o 2ºsemestre. Como fazer para desistir do 2ºsemestre.

É necessário formalizar a desistência, o que pode ser feito no Learning Agreement, desistindo de todas as disciplinas. Isso deve ser feito logo que possível, para vagar o lugar, eventualmente para outro.

Atenção às verbas, pois pode ser necessário repor dinheiro. A bolsa é disponibilizada à cabeça (70%).

Qual o processo seguido pelas notas?

A ficha de creditações, feita e assinada por mim, segue para os serviços académicos no pólo, para validação. A Dr.ªGraça Carvalho dá despacho. As notas são enviadas para os serviços académicos no Pólo I, onde é feita a creditação das notas.

As notas são enviadas pela Universidade de acolhimento para a UC?

Correto. A informação circula entre universidades. Se o aluno quiser acelerar o processo, pode pedir as notas obtidas na universidade de acolhimento e enviar ao coordenador do DEM.

O que acontece se o aluno não fizer qualquer disciplina?

O aluno que tem de realizar pelo menos 1 disciplina com equivalência para não perder a bolsa. Se não fizer isso terá de repor a bolsa (este é um incentivo à produtividade).

Devo inscrever-me na UC às disciplinas que pretendo fazer em mobilidade?

As disciplinas que está a fazer em mobilidade têm que constar no seu Contrato de Estudos. Se constam do Contrato, não pode estar inscrito a elas, uma vez que o sistema assume automaticamente essa inscrição. Pode apenas inscrever-se em frequência a disciplinas que não vai fazer em mobilidade, e para as quais não tem creditação, e que realiza na UC.

Que disciplinas podem ser feitas em Portugal (no semestre da mobilidade)?

Em exame especial: De acordo com o que diz o RAUC, o estudante em mobilidade só pode vir fazer disciplinas de reinscrição.

1 — O estudante outgoing com unidades curriculares em atraso que não tenha realizado exames na época normal ou de recurso tem direito a realizar exames, a um máximo de 2 unidades curriculares semestrais ou 1 unidade curricular anual, na época especial imediata.

2 — É dada uma tolerância de até 5 dias úteis após o regresso do estudante referido no n.º 1 para que se considere que o mesmo não pôde realizar a avaliação nas épocas normal ou de recurso.

3 — Para usufruir deste direito, o estudante deve comunicar a sua pretensão ao SGA, até 15 dias antes do início da referida época

Em exame (normal ou de recurso): Pode fazer disciplinas que não constem no Learning Agreement, a que esteja inscrita na UC. Porém, pode haver incompatibilidade entre as datas de exame na universidade de destino e as datas de exame na UC.

E se eu quiser desistir da mobilidade?

Podes sempre desistir. Isso pode implicar repor dinheiro recebido da bolsa.

Nota que a adaptação a um novo país, a uma nova universidade, à distância relativamente à família e amigos, não é fácil. Assim, é de esperar alguma dificuldade nos primeiros tempos, principalmente se não existirem colegas.

Os estudantes devem informar logo que possível a DRI e o coordenador da intenção de desistir.

Tens alguma dúvida?